(11) 4438-8922

No dia 28 de maio, a ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), anulou a decisão do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 4ª região que permitia desconto em folha de pagamento do imposto sindical obrigatório, sem a necessidade de se obter autorização individual dos funcionários.

De acordo com o jornal O Globo, a medida tomada pela ministra levou em consideração o disposto na Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467/2017), que exige a autorização prévia e expressa dos colaboradores para que os Sindicatos laborais realizem o desconto em folha do imposto. O valor equivale a um dia de trabalho.

A anulação da decisão do TRT deu-se após o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos de Caxias do Sul ter entrado com um processo contra a empresa Aeromatrizes Indústria de Matrizes Ltda. (RS). A entidade exigia o desconto da contribuição no contracheque, alegando que havia realizado assembleia e que os associados e não associados presentes teriam aprovado o abatimento.

Conforme explicou O Globo, antes da vigência da Reforma Trabalhista, este tipo de desconto em folha era possível quando a categoria aprovava em assembleia. Assim, ele se estendia a todos os trabalhadores, independente se filiados ou não ao Sindicato. Com a Reforma, a dedução só pode ser feita com a permissão expressa de cada funcionário.

Em março deste ano, o Congresso Nacional anunciou a criação de uma Comissão para analisar a MP (Medida Provisória) 873/2019. Ela determinava que a contribuição sindical só seria paga por meio de boleto bancário, depois que o trabalhador autorizasse de forma expressa, individual e por escrito a cobrança. Ou seja, extinguiria o desconto em folha.

Na página do SINGRAFS do Facebook, publicamos uma nota sobre a decisão da ministra Cármen Lúcia. Siga-nos na rede social para saber sobre esta e outras notícias do setor gráfico e sindical.

Na última quarta-feira (29), o STF (Supremo Tribunal Federal) considerou inconstitucional o trecho da Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467/2017) que abria a possibilidade de gestantes e lactantes trabalharem em atividades consideradas insalubres. Desta forma, o que valerá é o que está determinado na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), que determina que as grávidas e mulheres que ainda amamentam sejam realocadas a outro tipo de serviço ou, caso não seja possível, afastadas, passando a ter direito a receber salário-maternidade.

A decisão da Corte teve 10 votos contra 1. De acordo com a Agência Brasil, o STF confirmou liminar proferida pelo ministro Alexandre de Moraes em maio, que suspendia a norma. Para Moraes, ao abrir brecha para o trabalho insalubre, a Reforma não protegia as gestantes e as lactantes, sendo, assim, inconstitucional.

Para saber mais sobre a votação do STF, cique aqui para acessar a reportagem da Agência Brasil.

O PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro caiu 0,2% no primeiro trimestre deste ano, quando comparado aos resultados obtidos durante os últimos três meses de 2018. O dado, segundo a Agência Brasil, foi divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (30).

Mesmo com a queda registrada entre janeiro a março, a economia nacional cresceu 0,5% quando comparada ao mesmo período de 2018. No acumulado de 12 meses, o avanço foi de 0,9%.

O PIB representa a soma de todos os bens e serviços produzidos no País. No primeiro trimestre de 2019, ele totalizou R$ 1,714 trilhão.

Entre as atividades que mais impactaram no resultado negativo, Indústrias Extrativas; Construção; Indústrias de Transformação; Transporte, Armazenagem e Correio; e Comércio foram as que mais influenciaram. Elas obtiveram retração de 6,3%, 2%, 0,5%, 0,6% e 0,1%, respectivamente.

Para ver a íntegra dos dados sobre o PIB brasileiro, clique aqui.

Uma nova etapa do Circuito Andreense de Empreendedorismo será realizada no dia 11 de junho. Em parceria com  o Sebrae, a Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego da Prefeitura de Santo André oferecerá a oficina gratuita "Começar Bem - Formalização".

Nela, os participantes poderão tirar dúvidas sobre os procedimentos para se abrir e formalizar uma empresa, quais são os direitos e obrigações do empreendedor e de seu negócio. 

A oficina será realizada no Teatro Municipal de Santo André, das 9h às 13h. O prazo para fazer a inscrição termina no dia 6 de junho. 

SERVIÇO

Circuito Andreense de Empreendedorismo: Começar Bem - Formalização
Data e Horário: 11 de junho, das 9h às 13h
Local: Auditório Heleny Guariba - Teatro Municipal de Santo André: Praça IV Centenário, s/nº, Centro, Santo André-SP
Inscrições: bit.ly/2019circuitoandreense09
Informações: (11) 4433-0523

O portal ASSINGRAFS-SINGRAFS tem uma área dedicada a associados e associadas que desejam anunciar venda de equipamentos ou procurar novos colaboradores para preencher cargos em aberto nas empresas.

Em “CLASSIFICADOS”, o empresário e a empresária poderão, durante 30 dias, deixar publicado um anúncio ofertando máquinas e equipamentos e/ou vagas a serem preenchidas em suas gráficas – de forma totalmente gratuita.

Para isso, basta enviar a descrição do que deseja publicar para . Durante esses 30 dias, o anúncio fica publicado; após, ele é automaticamente retirado da página. Caso a venda seja concluída ou o processo de seleção e recrutamento finalize antes do prazo, é necessário informar-nos para que retiremos o anúncio. Se desejar prorrogá-lo, basta também solicitar.

Este serviço é exclusivo para associado(a)s ASSINGRAFS-SINGRAFS

A ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica), em parceria com a Two Sides Brasil e a G. Martin Comunicação & Marketing, realizará em junho o Encontro Papéis Finos 2019. Com o tema “O Desafio Criativo do Livro – Inovações, Oportunidades e Resultados”, o evento abordará as mudanças sofridas pelo setor editorial e as possibilidades para expandir os empreendimentos literários.

O Encontro tem como alvo gráficos, editores, autores, fornecedores de papel, produtores de livros, designers, estudantes e demais profissionais que tenham interesse no desempenho do setor de livros.

A programação do evento terá quatro palestras, a serem ministradas por representantes de entidades ligadas à área livreira, como a CBL (Câmara Brasileira do Livro) e a ABER (Associação Brasileira de Encadernação e Restauro), e a Ipsis Gráfica e Editora.

As inscrições para o Encontro Papel 2019 já estão abertas. Para mais informações, clique aqui.

SERVIÇO

Encontro Papéis Finos 2019
Data e Horário: 26 de junho, das 8h às 13h
Local: Auditório da Secretaria Técnica da ABTG – Rua Bresser, 2.315, Mooca, São Paulo – SP
Contato: (11) 2797-6700/
Valor das Inscrições: A partir de R$ 95

A ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica) realizará, no dia 15 de junho, o curso “Iniciativas Técnicas para Aplicação de Vinil Autoadesivo”. Com carga horária de oito horas, as aulas auxiliarão os participantes a conhecer as características e os limites de utilização da matéria-prima, garantindo eficácia aos trabalhos.

Entre os tópicos a serem ensinados durante o curso, estão: tipos e preparos de superfícies; tipos de vinis autoadesivos (filme, adesivo, liner, etc.); métodos de aplicação, instalação e acabamentos; e manutenção e limpeza de imagens. O professor Eduardo Yamashita ministrará a aula.

Inscrições: clique aqui.

*Lembrete: todo associado SINGRAFS é, automaticamente, associado ABTG.

SERVIÇO

Curso ABTG: Iniciativas Técnicas para Aplicação de Vinil Autoadesivo
Data e Horário: 15 de junho, das 9h às 17h
Local: Rua Bresser, 2.315, Mooca, São Paulo – SP
Valor: R$ 280 (pagamento via depósito bancário, cartão de crédito – até 3x – ou boleto bancário)
Informações: (11) 2797-6700/ (11) 97671-1875

O 17º Congraf (Congresso Brasileiro da Indústria Gráfica) teve como tema “Pensar e fazer diferente”. O evento, realizado no Teatro do Sesi, em Porto Alegre (RS), no dia 18 de maio, contou com a presença do presidente do SINGRAFS, António J. S. V. Gameiro, o Tonzé.

Mais de 560 pessoas, entre empresários da indústria gráfica e representantes de entidades do setor, prestigiaram o Congresso e assistiram às palestras. O 17º Congraf foi uma iniciativa da Abrigraf Nacional e da Abigraf-Rio Grande do Sul.

PALESTRAS

Na abertura do encontro, o presidente do Conselho Diretivo da Abigraf Nacional, Julião Flaves Gaúna, chamou a atenção do público para o tema “Pensar e fazer diferente”. Para tal, ele plantou bananeira no palco. De cabeça para baixo, fez um breve discurso, reforçando a ideia de “fazer diferente”.

O especialista em gestão empresarial Arthur Igreja falou sobre “O que fazer para inovar no seu negócio”. Igreja chamou a atenção para as mudanças nos hábitos dos consumidores, que têm provocado impacto tanto no que se refere ao modelo de negócio empresa para empresa (ou business to business, B2B, em inglês), quanto empresa para consumidor (B2C, business to consumer).

Segundo o palestrante, há alterações radicais em virtude da velocidade em que ocorrem. O impacto se reflete no comportamento das pessoas e na cultura. Igreja explicou que oferecer produtos customizados é imperativo. “Conveniência é o nome do jogo”, ele completou, lembrando que, antigamente, para assistir a um vídeo o consumidor precisava sair de casa. Ir até a locadora. Alugar o filme. Voltar para casa. Colocar o vídeo no aparelho. “Hoje, basta apertar um botão.”

Na contramão do universo digital, o presidente e CEO da Printing Industries of America, Michael Makin, mostrou relatórios que apontam a indústria gráfica, em segundo lugar, no que se refere a novos pedidos e volume de produção. Na lista dos dez produtos mais vendidos, estão malas-diretas, folhetos e panfletos.

COMENTÁRIOS SOBRE CONGRAF

Para o presidente do SINGRAFS, Tonzé, o 17º Congraf foi bem organizado e superou as expectativas: “Gostei das palestras. Os palestrantes trouxeram muitas informações novas. Foi muito bom ter participado”, afirmou Gameiro.

Para o representante da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Antonio Carlos Salce, a quarta revolução industrial trouxe uma ruptura no modelo. “Precisamos nos adaptar”, ele assinalou.

O presidente da Diretoria Executiva da Abigraf Nacional, Levi Ceregato, lembrou as diversas crises que atingiram os empresários ao longo das últimas décadas: “Já sobrevivemos a vários planos políticos e trocas de moedas. Tempos difíceis criam homens fortes”.

A 18ª edição do Congraf será realizada em 2022, em Florianópolis (SC).

O Índice de Confiança da Indústria caiu 1,6 ponto na prévia de maio, totalizando 96,3 pontos (escala de 0 a 200). Os dados foram divulgados pela FGV/IBRE (Fundação Getúlio Vargas/ Instituto Brasileiro de Economia).

Os números que contribuíram para o recuo foram os do Índice da Situação Atual (-0,4 ponto) e o Índice de Expectativas (-2,9 pontos). De acordo com a FGV, as baixas relacionam-se com a queda da confiança em relação ao momento atual e aos próximos meses demonstrada pelos empresários entrevistados para a pesquisa.

Segundo publicou a Agência Brasil, o indicador que registrou alta foi o de Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (alta de 0,2 ponto).

A Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego da Prefeitura de Santo André, em parceria com o Sebrae, realizará, no dia 28 de maio, a oficina “Na Medida – Como a Internet Pode Ajudar os Pequenos Negócios”. O evento é gratuito e faz parte do Circuito Andreense de Empreendedorismo.

De acordo com a programação, o objetivo do curso é destacar o papel das redes sociais na gestão estratégica do negócio, em especial como ferramenta de comunicação.

Na data, além da aula na parte da manhã, haverá atendimento no Sebrae Móvel durante a tarde, das 14h às 16h. O prazo para inscrições encerra no dia 22 de maio (quarta-feira).

SERVIÇO

Circuito Andreense de Empreendedorismo - Oficina Na Medida – Como a Internet Pode Ajudar os Pequenos Negócios
Data e Horário: 28 de maio, das 9h às 13h
Local: CESA Parque Novo Oratório – Rua Tanganica, 385, Parque Novo Oratório, Santo André – SP
Informações: (11) 4433-0523

As inscrições devem ser feitas até 22 de maio com preenchimento de formulário online (clique aqui).