(11) 4438-8922

A cidade de Cubatão completa, nesta terça-feira (9), 70 anos. A programação de aniversário terá caminhada ecológica, missa de ação de graças e apresentação musical gratuita do cantor Eduardo Costa, a partir das 14h no Kartódromo Municipal.

Os eventos que celebram a emancipação político-administrativa da cidade começaram no dia 4 de abril e contaram com torneios esportivos, shows com artistas da região e exposição de carros antigos. As atividades serão encerradas no dia 28, domingo, com a Meia Maratona Estrada Velha.

Para conferir a programação completa do aniversário de 70 anos de Cubatão, clique aqui.

Esta segunda-feira (8) marca o aniversário de 466 anos de fundação de Santo André. Na data, a cidade realizará o Jogo das Celebridades, partida de futebol beneficente envolvendo os times Amigos do Amaral e Campos de Paranapiacaba. A disputa será no Estádio Bruno José Daniel, a partir das 10h.

Quem estiver aproveitando o feriado municipal e quiser ver o jogo, poderá trocar produtos de higiene pessoal por um ingresso. Os itens arrecadados serão doados a entidades assistenciais andreenses.

As informações sobre o evento são da Prefeitura de Santo André

No aniversário de Santo André, a ASSINGRAFS e o SINGRAFS atenderão em esquema de plantão.

Neste 8 de abril, nosso expediente será das 8h às 17h.

A produção industrial brasileira subiu 0,7% no mês de fevereiro. O resultado positivo aparece mesmo com a drástica retração das indústrias extrativas (-14,8%), reflexo do rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais, no começo do ano. O baixo desempenho, em especial o da produção de minérios de ferro, é o pior desde a série histórica iniciada em 2002.

Os dados fazem parte da pesquisa Produção Industrial Mensal do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada na última terça-feira (02). 

A alta da produção industrial nacional se deveu ao crescimento de 16 das 26 atividades econômicas analisadas na pesquisa. Os destaques ficaram com veículos automotores, reboques e carrocerias (6,7%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (4,3%) e produtos alimentícios (4,3%).

Outro fator que influenciou para o índice positivo foi o Carnaval ter sido transferido para o mês de março. Desta forma, fevereiro deste ano teve dois dias úteis a mais que em 2018.

No acumulado do ano (período de janeiro a fevereiro de 2019), a produção industrial brasileira teve queda de 0,2%. Na comparação com fevereiro de 2018, a taxa atingiu alta de 2%.

Para saber mais, clique aqui.

Relatório anual da OMC (Organização Mundial do Comércio) mostrou que o Brasil caiu da 26ª para a 27ª posição entre os maiores exportadores do mundo em 2018. O levantamento, segundo a Agência Brasil, foi divulgado na última terça (02) pela entidade internacional.

A maior exportadora mundial é a China, seguida por Estados Unidos e Alemanha. O país que ocupa, atualmente, o 26º lugar é o Vietnã. A última posição do ranking (30ª) ficou com a Indonésia.

A queda do Brasil aconteceu mesmo com alta no valor das exportações no período considerado pela OMC para o relatório. De acordo com a Agência Brasil, em 2018, os produtos brasileiros vendidos para o mercado internacional movimentaram US$ 239,5 bilhões (crescimento de 9,6% em relação a 2017). Já as importações totalizaram 181,2 bilhões, representando um aumento de 19,7%. Desta forma, o saldo da balança comercial no ano passado foi de US$ 58,3 bilhões.

A previsão da OMC para 2019 é que o comércio mundial cresça 2,6%, índice inferior ao percebido no ano anterior (3%).

A RR Donnelley Editora e Gráfica Ltda. anunciou na última segunda-feira (01) a decisão de entrar com pedido de autofalência e o encerramento de suas operações no País. A gráfica, sediada em Osasco, Grande São Paulo, era responsável pela impressão das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e foi uma das vencedoras do 6º Prêmio Brasileiro de Excelência em Etiquetas e Rótulos Autoadesivos ABIEA, conforme divulgou em suas redes sociais.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o pedido de autofalência pegou o mercado editorial de surpresa, já que a RR Donnelley não teria tentado resolver seus problemas por outros meios.

Entre os surpreendidos, destaca-se a editora Intrínseca. A empresa havia comprado 70 toneladas de papel para a impressão do novo livro de Mark Manson, o autor mais vendido no Brasil até o momento. Ainda segundo o Estadão, quando os caminhões chegaram à RR Donnelley na manhã de segunda-feira, encontraram os portões da gráfica fechados.

Em comunicado, a gráfica justificou a opção por encerrar as operações por causa das “atuais condições do mercado na indústria gráfica e editorial tradicional, que estão difíceis em toda parte, mas especialmente no Brasil”. Fundada em 1964 nos Estados Unidos, a RR Donnelley atuava no Brasil há 25 anos e chegou a ter um escritório comercial em São Bernardo do Campo, uma das cidades que compõem a base territorial do SINGRAFS, até 2014, onde vendia serviços gráficos.

Na manhã desta terça (02), funcionários da gráfica bloquearam a pista local da Rodovia Anhanguera, altura do km 18, para protestarem contra o pedido de falência. De acordo com a Rádio BandNews FM, os colaboradores disseram estar surpreendidos com a decisão.

Leia, abaixo, a íntegra do comunicado da RR Donnelley Editora e Gráfica Ltda.:

A RR Donnelley Editora e Gráfica Ltda. decidiu, após considerar todas as opções, encerrar sua operação no Brasil. Entre os fatores que levaram o grupo a tomar esta medida estão as atuais condições de mercado na indústria gráfica e editorial tradicional, que estão difíceis em toda parte, mas especialmente no Brasil. Recentemente, a RR Donnelley perdeu um de seus principais clientes e registrou uma drástica redução no volume de trabalho contratado.

O grupo operou no Brasil por mais de 25 anos. Mas, uma análise meticulosa das finanças da empresa motivou nossa decisão. O requerimento de autofalência da RRD será processado e decidido pelo foro da comarca de Osasco/SP.

Para minimizar o impacto da falência, a empresa entrará em contato com o sindicato e avaliará a possibilidade de rescindir todos os contratos de trabalho já nos próximos dias. Isso permitirá o pronto levantamento dos valores depositados nas contas vinculadas do FGTS e habilitará os funcionários a solicitarem o seguro-desemprego, na forma da lei.

O prazo para a entrega da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) termina na próxima sexta-feira (05). Segundo a Agência Brasil, a multa pelo atraso no envio dos dados do ano-base 2018 varia entre R$ 425,64 a R$ 42.641, dependendo do tempo e do número de colaboradores registrados na empresa.

Estão obrigadas a enviar a RAIS todas as empresas com CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) ativo na Receita Federal entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano passado. Apenas MEIs (Microempreendedores Individuais) que não tenham contratado funcionários estão isentos.

As empresas que tiveram CNPJ ativo durante apenas um dia em 2018 ou que não tiveram empregados no período deverão preencher a RAIS negativa. A declaração deverá ser feita pela internet. Para saber mais, clique aqui.

O Banco Central (BC) reduziu de 2,4% para 2% a projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro para este ano. O que impulsionou a queda foi o resultado inferior ao esperado obtido durante o último trimestre de 2018. A informação faz parte do Relatório de Inflação, divulgado a cada trimestre pelo órgão.

Outros fatores que influenciaram a retração foram a redução estimada para safra agrícola, moderação no ritmo de recuperação da economia e os desdobramentos da tragédia em Brumadinho, Minas Gerais, em relação à indústria extrativa. De acordo com o relatório, este setor sofrerá recuo de 7,6% para 3,2% de sua produção.

O Banco Central também analisou os setores agropecuário, terciário (que engloba comércio e serviços), o consumo das famílias, exportações e importações de bens e serviços, investimentos, taxa de câmbio e inflação (taxa Selic e IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Para saber mais sobre as projeções econômicas, clique aqui.

Com informações da Agência Brasil.

Os livros sobre autoajuda e desenvolvimento pessoal caíram no gosto do público brasileiro. Na lista dos 10 títulos mais vendidos no País, divulgado pela Nielsen, as obras mais bem colocadas enquadram-se nessa classificação. Foram elas “O Milagre da Manhã” e “A Sutil Arte de Ligar o F*da-se”.

A relação considerou o período entre 4 a 10 de março. O Top 10 incluiu, ainda, livros didáticos e guias de estudo, vendas e marketing, literatura infantil, finanças e contabilidade e livros que abordam carreira e sucesso.

As editoras melhores posicionadas foram o Grupo Editorial Record, Intrínseca, Editora Saraiva, Other Publisher Groups, Editora Sextante, Gente, Ediouro e HarperCollins Brasil.

Você pode conferir o Top 10 dos livros mais vendidos no Brasil aqui.

Em abril, profissionais da indústria de impressão poderão participar da segunda edição do treinamento sobre a metodologia G7. A ser realizado na Escola SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo, a capacitação será promovido pela Idealliance Latin America, EFI e Ricoh.

A metodologia G7 é o conjunto global de especificações da Idealliance para obtenção do equilíbrio de tons cinzas. De acordo com a EFI, é a força motriz para similaridade visual em todos os processos de impressão.

O treinamento, aberto ao público, será feito durante três dias inteiros. Os participantes realizarão atividades práticas e acompanharão demonstrações especializadas sobre metodologia e implementação, controle de processo, otimização e padrão de impressão para o gerenciamento de cores.

O curso será ministrado por Marcelo Escobar e, ao final, todos os alunos poderão se certificar como G7 Experts.

SERVIÇO:

Treinamento G7
Datas: 10 a 12 de abril
Local: Escola SENAI Theobaldo de Nigris - Rua Bresser, 2.315, Mooca, São Paulo – SP
Inscrições: - A/C Marcelo Escobar | (11) 97580-3403