(11) 4438-8922

A terceira edição do Prêmio Paulista de Excelência Gráfica Luiz Metzler está com inscrições abertas. As gráficas estabelecidas no Estado de São Paulo poderão inscrever seus trabalhos produzidos entre 3 de junho de 2019 a 15 de março de 2022 até o dia 15 de maio.

A premiação é realizada pela Abigraf-SP (Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo) com coordenação técnica da Faculdade de Tecnologia Senai Theobaldo De Nigris. O objetivo é valorizar as mais de cinco mil indústrias de impressão, laureando a qualidade dos produtos e estimulando a competitividade setorial.

Poderão participar do Prêmio Luiz Metzler indústrias gráficas, editoras, agências de publicidade, designers e anunciantes paulistas. O regulamento e as informações para inscrição estão disponíveis no site do evento.

O julgamento dos trabalhos será na primeira quinzena de junho e a cerimônia de entrega dos troféus em 24 de junho, Dia da Indústria Gráfica.

Entre os dias 16 a 20 de maio, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas) realizará a Semana do MEI 2022. O evento é voltado para a capacitação dos Microempreendedores Individuais, e oferecerá palestras e oficinas para melhorar os negócios. 

A programação já está disponível, e traz conteúdos com temáticas que vão desde Inovação até Finanças e Marketing. Saiba mais:

  • 16/05 - Abertura: Comportamento Empreendedor no Século 21
  • 17/05 - Oportunidades de Negócios
  • 18/05 - Comece Certo
  • 19/05 - Cuide do Dinheiro
  • 20/05 - Hora de Vender

As atividades serão ministradas em ambiente totalmente digital, via plataforma Sebrae Experience. As inscrições já estão abertas e são gratuitas.

SERVIÇO

Semana do MEI 2022 Sebrae
Datas: de 16 a 20 de maio de 2022, das 9h30 às 17h40
Local: sebraeexperience.com.br
Programação e Inscrições: https://bit.ly/3LWqkqD

A produtividade do trabalho na indústria da transformação caiu 4,6% em 2021. É a maior retração já registrada desde 2000, segundo a CNI (Confederação Nacional da Indústria), e a segunda variação negativa consecutiva. Em 2020, o índice foi de -0,5%.

O cálculo é feito pelo volume produzido dividido pelas horas trabalhadas na produção. De acordo com a CNI, o resultado do ano passado refletiu os efeitos da segunda onda da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), as dificuldades enfrentadas para a retomada dos investimentos e da produção, a complexidade do sistema tributário, e a falta e/ou altos custos das matérias-primas e insumos.

A pesquisa mostrou que, mesmo com a recuperação dos empregos, a indústria da transformação teve aumento do número de pessoas trabalhando sem carteira assinada no setor privado (informais) e de ocupações de baixa escolaridade, contribuindo para as quedas nos indicadores de produtividade.

Para saber mais sobre o levantamento da CNI, clique aqui.

Solicite pesquisa de enquadramento sindical da sua empresa junto ao SINGRAFS pelo telefone (11) 4438-8922. 

Caso a sua empresa se enquadre, solicitaremos mais informações e documentos para cadastramento da mesma em nosso banco de dados, com o status de "não associada".

O procedimento de associação é diferente e requer autorização expressa da empresa para tal, conforme legislação vigente. 

Os MEIs (Microempreendedores Individuais) e os MPEs (Micro e Pequenos Empresários) têm até o dia 31 de maio para aderir ao Relp (Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional). O programa é direcionado às micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

A regularização abrange tanto as optantes pelo Simples Nacional como as excluídas e desenquadradas. O importante é que as dívidas, com vencimento até fevereiro de 2022, tenham sido apuradas sob esse regime.

O pagamento das contas em aberto poderá ser realizado em até 180 vezes, com desconto de até 90% das multas e juros, dependendo do volume da perda de receita bruta durante março a dezembro de 2020. Parcelamentos rescindidos ou em andamento podem ser incluídos na renegociação.

A adesão deve ser feita pelo portal e-CAC ou pelo Portal do Simples Nacional. A Receita Federal explica que, no momento de aderir ao programa, a empresa deve indicar as dívidas que serão incluídas na renegociação. Se optar por inserir débitos parcelados ou em discussão administrativa, será preciso desistir do parcelamento ou processo. A aprovação da solicitação fica condicionada ao pagamento da primeira prestação. Quem não quitar integralmente os valores de entrada até o oitavo mês de ingresso terá a adesão cancelada.

Fonte: Receita Federal.

A produção industrial brasileira teve variação de 0,3% em março frente a fevereiro, encerrando o primeiro trimestre de 2022 em queda. No ano, acumulou perdas de 4,5%, e no dos últimos 12 meses, ficou em 1,8%. Na comparação com o mesmo período de 2021, caiu 2,1%.

Das 26 atividades analisadas, 12 apresentaram quedas nos indicadores produtivos. Em março, o segmento de impressão e reprodução de gravações recuou 28,9% na comparação com o mesmo mês de 2021.

Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça (03), e integram a PIM (Pesquisa Industrial Mensal). Para saber mais sobre os resultados, clique aqui.

Nesta terça-feira (03), Rio Grande da Serra celebra os 58 anos de sua emancipação político-administrativa. A manhã foi marcada pelas cerimônias de hasteamento da bandeira da cidade e realização de missa solene na Paróquia São Sebastião.

Em comunicado oficial, a Prefeitura lembrou que o aniversário simboliza renovação. "Depois de enfrentarmos dias difíceis, chegou a hora de um novo tempo, com o combate à pandemia, aplicação de recursos enviados pelo Governo do Estado, escrevemos uma história de muito trabalho e melhorias em toda a cidade."

CONSULTA SOBRE PENDÊNCIA DE CRÉDITO – SCPC
·         SCPC – SERVIÇO CENTRAL DE PROTEÇÃO AO CRÉDITO (duas consultas gratuitas por mês):
Registros de débito, títulos protestados, consultas anteriores, alerta de documentos roubados e extraviados, síntese cadastral e endereço por meio de número de telefone.
·         RELATÓRIO SINTÉTICO ESTADUAL:
Restrições de consultas, síntese cadastral, alerta sobre empresas golpistas, participantes da empresa, desabonos no SCPC-E, títulos protestados, consultas anteriores, ações cíveis, recuperação judicial, cheques sem fundos/ sustados “motivo 21”.
·         REAL SINTÉTICO (ABRANGÊNCIA NACIONAL):
Restrições e intensidade das consultas, informações cadastrais, alerta sobre empresas golpistas, desabonos no SCPC-E, títulos protestados, consultas anteriores, ações cíveis, recuperação judicial, cheques sem fundos/ sustados “motivo 21”.

CONSULTORIA JURÍDICA
Consultoria jurídica gratuita na área trabalhista.

PISO REGIME ESPECIAL
Benefício exclusivo a empresas associadas, permite a aplicação do piso salarial diferenciado na contratação de novos funcionários. Para aderir, a empresa precisa estar enquadrada como Microempresa, ter faturamento anual bruto de até R$ 400.000 e estar em dia com as contribuições sindicais.

DESCONTO DE 50% NA CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL PATRONAL              
Desconto de 50% na Contribuição Assistencial Patronal, prevista na Convenção Coletiva de Trabalho, além de Atestado de Regularidade e Capacidade Técnica - desde que esteja em dia com as mensalidades associativas e pertença ao quadro de associados há mais de 90 dias.

IMPRIMA CONOSCO
Empresas associadas são incluídas em lista de divulgação publicada no Portal SINGRAFS (nome-telefone-site).

PARCERIA ABIGRAF-SP (Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo)
Toda empresa associada, desde que em dia com o Sindicato, tem direito a realizar consultas (por escrito) aos departamentos da Associação e descontos em eventos, cursos, palestras e seminários promovidos pela Abigraf-SP.

PARCERIA ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica)
Assessoria, consultoria, assistência técnica, cursos e palestras com descontos. A ABTG é a única entidade autorizada a emitir qualquer tipo de parecer técnico, além de acompanhar perícias baseadas em normas e padrões internacionais.

PARCERIA UPBRASIL
Isenção das taxas de administração e emissão do Cartão Vale-Alimentação, suporte para cadastramento no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), depósito integral do valor estipulado como Vale-Alimentação, ampla cobertura no Grande ABC e Baixada Santista e 60 mil estabelecimentos credenciados em todo o País.

PARCERIA ZÊNITE SISTEMAS
Descontos nos softwares de gestão gráfica, que variam de 30% a 40%, dependendo do sistema implantado pelo associado. Um dos softwares oferecidos pela empresa mineira é o G. Works Solution 2.0 Versão Lite.

Quer se filiar ao SINGRAFS? Entre em contato pelo telefone (11) 4438-8922. Juntos somos mais fortes! 

A PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada nesta sexta-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostrou que, no trimestre encerrado em março, o número de brasileiros empregados caiu 0,5%. A porcentagem representa 472 mil pessoas fora do mercado de trabalho. A população ocupada foi estimada em 95,3 milhões. 

Com esta retração, a população fora da força de trabalho subiu 1,4%, acréscimo de 929 mil pessoas a este contingente.

Houve, também, quedas nos indicadores de informalidade. A quantidade de trabalhadores por conta própria reduziu 2,5% (-660 mil pessoas, sendo 475 mil sem CNPJ), após cinco trimestres de alta. A taxa de informalidade chegou a 40,1% (-0,6% em relação ao trimestre anterior).

A taxa de desocupação chegou a 11,1%, e o número de brasileiros desempregados totalizou 11,9 milhões no período. Mesmo com o aumento do contingente de população fora da força de trabalho, os dois indicadores se mantiveram estáveis na comparação com os três meses anteriores.

Sobre o rendimento médio real dos trabalhadores, a PNAD mostrou que houve alta de 1,5% em março sobre o valor, equivalente a R$ 2.548, após reduções consecutivas verificadas desde o segundo trimestre de 2021. Na comparação anual, no entanto, a renda média caiu 8,7%.

Para saber mais sobre a Pesquisa, clique aqui.

A inflação da indústria cresceu 3,13% em março. Das 24 atividades industriais analisadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 16 tiveram aumento de preços na comparação com fevereiro. No acumulado do ano, o IPP (Índice de Preços ao Produtor) chegou a 4,93%, e no dos últimos 12 meses, subiu 18,31%.

Dois grupos apresentaram as maiores variações no período. Foram eles refino de petróleo e biocombustíveis (10,84%) e indústrias extrativas (10,69%) – esta última acumulando 31,36% no ano.

Já as indústrias de transformação tiveram alta de 2,68% frente a fevereiro (0,11%), crescimento de 3,58% no acumulado do ano, e, no dos últimos 12 meses, de 19,74%.

Os dados do IPP, que medem os preços praticados na "porta da fábrica", sem considerar fretes e impostos, foram divulgados nesta quinta-feira (28). Eles podem ser acessados na íntegra aqui.