(11) 4438-8922

Atualizado às 09h52.

A região do Grande ABC registrou diversos pontos de alagamento após o temporal da noite do último domingo (10). Por causa disto, a linha 10-Turquesa, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que liga Rio Grande da Serra ao Brás, está paralisada, sem previsão de retorno. A Operação PAESE foi acionada.

As principais ligações desses municípios com a Capital ainda estão interditadas. Até o momento, o tráfego por São Caetano do Sul – Av. Guido Aliberti -, São Bernardo do Campo – trecho da Anchieta próximo à Uniban –, Diadema e Santo André está afetado pelo acúmulo de água. A orientação é para se evitar estes locais.

Em Mauá, houve deslizamento de terra no Jardim Zaíra. Três casas desabaram. Ribeirão Pires também registrou este tipo de acidente, que contabilizou quatro mortos e dois feridos.

Bairros paulistanos próximos à região do Grande ABC, como o Ipiranga e Sacomã, e a Av. dos Estados, também foram bastante atingidos. O trânsito ainda está comprometido por conta das enchentes. Tanto o Córrego da Mooca como o Rio Tamanduateí transbordaram.

Com informações da Agência Brasil, Corpo de Bombeiros da PMESP, CPTM e Portal G1.

No período de 10 anos, a ONU (Organização das Nações Unidas) pretende igualar a proporção de homens e mulheres que trabalham na entidade ao redor do mundo. Segundo a Agência Brasil, o anúncio foi feito pelo secretário-geral da Organização, António Guterres, em mensagem para o Dia Internacional da Mulher, comemorado neste 8 de março.

No ano passado, as Nações Unidas conseguiram equilibrar o número de mulheres e homens nos altos cargos de gestão (UN´s Senior Management Group). Em 2017, o secretário-geral indicou as japonesas Izumi Nakamitsu e Mami Mizutori para subsecretária-geral encarregada de Desarmamento e representante geral para redução de riscos de desastres, respectivamente.

Guterres considera o empoderamento feminino essencial para o progresso global. Ainda no discurso para o Dia Internacional da Mulher, a vice-secretária-geral da ONU, Amina J. Mohammed afirmou que “não se pode construir o futuro que queremos e atingir as Metas de Desenvolvimento Sustentável sem a total participação de todas as mulheres” na força de trabalho.

A mensagem para o 8 de março, cujo tema, em livre tradução, é “Pense em igualdade, construa inteligência e inovação para a mudança”, pode ser vista no vídeo abaixo (em inglês). 

 

PARCERIA ONU MULHERES E STJ

Em 28 de fevereiro, a ONU Mulheres Brasil firmou cooperação técnica com o STJ (Superior Tribunal de Justiça) para desenvolver a equidade de gênero, promover ações para redução das desigualdades entre homens e mulheres, de raça e etnia e para colaborar com o cumprimento dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).

A parceria engloba, ainda, a adesão do STJ ao movimento ElesPorElas (HeForShe), que realiza estudos sobre a participação feminina no mercado de trabalho, incluindo no Judiciário brasileiro, por exemplo, ações de prevenção ao assédio sexual, entre outros. Para saber mais sobre a cooperação, clique aqui.

Começa nesta quinta-feira (07) o prazo para envio da declaração de Imposto de Renda (IR). Até às 11h de hoje, a Receita Federal informou ter recebido 254.903 declarações. Segundo a Agência Brasil, a instituição espera receber 30,5 milhões de declarações até 30 de abril.

Para saber mais sobre quem precisa declarar Imposto de Renda este ano, clique aqui.

Entre os dias 19 a 21 de março, a ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica) oferecerá o curso “Formação de Gestores para a Produção Gráfica”, com a especialista Marcia Biaggio. As aulas serão ministradas das 18h30 às 21h30, no Auditório Max Schrappe, na sede da entidade (Rua Bresser, 2.315, Mooca, São Paulo).

O programa do curso inclui os tópicos: o que é gerenciar, gestão de processo, planejamento, indicadores gerenciais e o papel dos gestores nas empresas gráficas. O público-alvo são os líderes de produção, iniciantes ou não.

As inscrições estão abertas e devem ser feitas neste link. O valor para estudantes é R$ 230 e para associados R$ 322; para não associados, o investimento é de R$ 460. Lembrando que todo associado ao SINGRAFS é, automaticamente, sócio ABTG.

SERVIÇO

Curso Formação de Gestores para a Produção Gráfica
Datas e Horários: de 19 a 21 de março, das 18h30 às 21h30
Local: Rua Bresser, 2.315, Mooca, São Paulo – SP
Informações: ABTG – (11) 2797-6700/ 97671-1875

Nos dias 4 e 5 de março, a ASSINGRAFS e o SINGRAFS não atenderão.

O expediente será retomado no dia 6, quarta-feira, das 8h às 18h.

No dia 12 de março, a Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego de Santo André, em parceria com o Sebrae, realizará o Circuito Andreense de Empreendedorismo. O evento trará a oficina Começar Bem – Formalização, direcionada a quem tem dúvidas para formalizar seu negócio.

As inscrições para o Circuito são gratuitas e devem ser feitas até o dia 7 de março (quinta-feira). Clique aqui para preencher o formulário.

SERVIÇO

Circuito Andreense de Empreendedorismo
Data e Horário: 12 de março, das 9h às 13h
Local: Auditório Heleny Guariba – Teatro Municipal
Praça IV Centenário, s/nº, Centro – Santo André

A taxa de desocupação atingiu 12% no período entre novembro de 2018 a janeiro deste ano, alta de 0,3 ponto em relação ao trimestre anterior (agosto a outubro do ano passado), quando registrou 11,7%. O número de pessoas desocupadas no Brasil aumentou 2,6%, totalizando 12,7 milhões. Os dados fazem parte da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) na última quarta-feira (27).

A população ocupada caiu -0,4%, totalizando 92,5 milhões (redução de 354 mil pessoas). A taxa de subutilização da força de trabalho manteve-se estável no trimestre estudado (24,3%) comparada ao anterior (24,1%). O mesmo ocorreu com a população subutilizada (27,5 milhões entre novembro a janeiro contra 27,3 milhões de agosto a outubro) e com o número de pessoas desalentadas (4,7 milhões no trimestre estudado e 4,4 milhões no anterior).

O total de pessoas fora da força de trabalho aumentou 0,6%, chegando a 65,5 milhões. Já o contingente da população inserida na força de trabalho manteve-se estável, totalizando 105,2 milhões.

Para ler a íntegra da PNAD Contínua referente ao trimestre móvel novembro de 2018 a janeiro de 2019, clique aqui.

Nesta terça-feira (26), a Canon apresentou sua mais nova aposta para o mercado de impressoras a jato de tinta. O Brasil será o primeiro país da América Latina a conhecer as multifuncionais da série WG7100, que estarão à venda a partir do segundo semestre deste ano.

coletivacanon1                                                           Da esq. para dir.: Fabiano Peres, Masaharu Choki, Tamaki Hashimoto e Shohei Hizawa 

De acordo com a companhia, os equipamentos oferecem soluções para escritórios, espaços limitados, pequenas e médias empresas. Entre os benefícios, os destaques são a alta velocidade de impressão, alta qualidade, compatibilidade com diversas mídias e tipos de papel, e baixa manutenção.

A série de multifuncionais a cores WG7100 vem com duas gavetas – uma para A4 e outra para formatos maiores. A quantidade poderá ser aumentada para quatro, ampliando-se a produtividade.

canonwg7150

As impressoras foram lançadas, primeiro, no Japão, em outubro de 2018, e nos Estados Unidos. O Brasil foi escolhido para ser o primeiro país da América Latina a conhecer o produto da Canon por ser um mercado promissor. Masaharu Choki, novo presidente e CEO da multinacional, declarou que os produtos a jato de tinta serão essenciais para o crescimento da empresa no mercado brasileiro.

Choki assumiu neste ano a liderança da Canon do Brasil, substituindo Jun Otsuka, transferido para a Canon Panamá. O novo CEO é o idealizador do slogan “Entre nessa onda com a Canon”, e espera que o investimento no segmento de jato de tinta fortaleça a marca. “Estou muito animado para saber aonde esta onda nos levará”, disse o presidente.

Sobre o segmento de impressoras a jato de tinta, Tamaki Hashimoto, VP da companhia, explicou que o Brasil é o maior mercado consumidor deste tipo de equipamento comparado aos demais países latinos e, por isto, é um dos focos da estratégia de expansão comercial e maximização de lucros. Atualmente, a Canon tem 15% de participação no setor, cujos maiores concorrentes são a HP e a Epson.

choki hashimoto canon
Masaharu Choki e Tamaki Hashimoto posam ao lado da WG7150

Farão parte da série as impressoras WG7150Z, WG7150F, WG7150 e WG7140. Todas são multifuncionais – imprimem, copiam e digitalizam – a cores, com monitor sensível ao toque, capacidade de reparo remoto e alta velocidade. O gerente de revendas da Canon, Fabiano Peres, enfatizou que as máquinas WG7140 e WG7150, por exemplo, serão capazes de imprimir de 70 a 80 páginas por minuto (ppm), contra os atuais 40 a 50ppm das concorrentes.

Outro item é a redução de possíveis pontos de atolamento. O trajeto do papel, de acordo com Peres, foi simplificado e será extremamente reto, já que a cabeça de impressão é fixa em linha. E caso aconteça, a própria impressora orientará o usuário a resolver o problema.

Neste primeiro momento, as impressoras a jato de tinta da Canon serão direcionadas ao uso em escritórios ou em negócios de pequeno porte. Mas a marca não descarta expandir o produto para atender os mercados gráfico e fotográfico, já que a tecnologia pode ser muito flexível.

A coletiva de imprensa de apresentação da série WG7100 foi realizada no hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo, e teve a participação de Shohei Hizawa, diretor da divisão BICG (Business Information Communications Group) da Canon.

SÉRIE WG7200

Outra linha de impressoras a jato de tinta a ser lançada no Brasil será a WG7200, que também tem como foco pequenas e médias empresas, escolas e escritórios. As multifuncionais WG7240 e WG7250 possuem alta produtividade, velocidade e qualidade de impressão. Utiliza tinta de alta densidade com emulsão de resina de uretano solúvel em água, que suprime incidência de luz, melhorando a nitidez das impressões coloridas e preto e branco e evitando manchas ou desfocamento.

Os equipamentos podem ser abastecidos com até 2.250 folhas, agilizando-se os processos, e têm velocidade de 50 ppm no modo Alta Qualidade e 80 ppm no modo normal. A multifuncional permite trabalhar com diversos tipos de papel, desde o A4, envelope, longo e, até, fotográfico.

A Canon informou que a previsão de chegada desta linha ao Brasil será em julho deste ano.

*Fotos: Paula Franco.

De acordo com o Valor Econômico, pelo menos três empresas demonstraram interesse por fábrica da International Paper instalada em Nova Campina, São Paulo. No local, são produzidos papéis para embalagens.

Segundo a publicação, as interessadas seriam a Klabin, Nine Dragons (origem chinesa) e Smurfit Kappa (irlandesa).

No quarto trimestre de 2018, a International Paper registrou lucro líquido de US$ 316 milhões, queda de 78,3% comparado ao mesmo período de 2017, quando atingiu US$ 1,4 bilhão.

No Brasil, a divisão de papéis para impressão apresentou queda nos resultados, não seguindo a alta de 5% da receita (US$ 1,1 bi) externa. Segundo o publicado pelo Valor, entre os fatores apontados para o declínio estão os maiores custos de matéria-prima e efeitos negativos do câmbio. Para saber mais, clique aqui.

Nesta sexta-feira (22), o Governo Federal publicou no DOU (Diário Oficial da União) as regras para a declaração do Imposto de Renda 2019 à Receita Federal. O prazo para o envio das informações será de 7 de março a 30 de abril.

Pessoas físicas que receberam, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou que tenham recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com valores superiores a R$ 40.000,00 estão obrigadas a declarar o IR.

Quem não entregar a declaração no prazo poderá pagar multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso. O valor mínimo será de R$ 165,74 e o máximo corresponderá a 20% do Imposto sobre a Renda devido.

O envio dos dados à Receita Federal poderá ser feito via Programa Gerador da Declaração (PGD), disponível no site do órgão, e pelo aplicativo Meu Imposto de Renda.

Para saber mais, clique aqui.