(11) 4438-8922

De 2015 para cá, as empresas gastaram, em média, 12,37% de seus faturamentos brutos em custos logísticos – cerca de R$ 15,5 bilhões - no Brasil. Antes, o índice era de 11,73%. Os dados são de um estudo da Fundação Dom Cabral, divulgados pelo portal da revista Veja.

Entre as companhias que mais são impactadas pelo custo de transporte no País, estão a de papel e celulose, mineração, agronegócio e construção.

De acordo com o estudo, as despesas concentram-se nas movimentações de longa distância e mobilidade urbana, que representam 63,5% do custo total. Além disso, há uma grande dependência do modal rodoviário, que corresponde a 75,9% dos serviços de transportes usados para cargas.

Em comparação, nos Estados Unidos, apenas 8,5% do faturamento das companhias vai para logística; na China, 10%.

Entre janeiro e fevereiro deste ano, a produção industrial em São Paulo registrou índice de -0,5%. A taxa negativa do Estado vai na contramão da alta nacional (0,2%) destacada pela série com ajuste sazonal dos Indicadores Conjunturais da Indústria, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) na semana passada.

Além da indústria paulista, a do Pará (-10,9%), Amazonas (-5,9%), Mato Grosso (-4,4%), Minas Gerais (-2,8%), Espírito Santo (-1,1%), Ceará (-0,7%) e Rio Grande do Sul (-0,1%) tiveram queda no mesmo período.

Os únicos Estados que registraram alta na produção industrial nos dois primeiros meses deste ano foram Paraná (3,3%), Pernambuco (1,3%), Rio de Janeiro (1,2%), Santa Catarina (0,9%) e Bahia (0,9%). Goiás manteve o mesmo índice anterior (0,0%).

Para saber mais sobre as Estatísticas, clique aqui.

No primeiro trimestre deste ano, aumentou em 25% a falta de depósitos de valores do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Os dados são do Ministério do Trabalho e foram divulgados pela Folha de S.Paulo na coluna “Mercado Aberto”, de Maria Cristina Frias.

A inadimplência chegou a R$ 1,08 bilhão e abrange cerca de 2,4 milhões de empregadores. No mesmo período de 2017, o montante devido ao Fundo era de R$ 0,86 bilhão.

Segundo a coluna da Folha, entre as dificuldades apontadas por empregadores para não pagar o FGTS, está o critério que define a composição do salário, a base de cálculo.

É importante ressaltar que quem não deposita regularmente os valores de FGTS está sujeito a multas, processos e perdas de benefícios.

A partir desta segunda-feira (16), todo depósito de cheque no valor de até R$ 299,99 será compensado em um dia útil, e não mais em dois. O anúncio foi feito pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

De acordo com o publicado pelo jornal Destak ABC, a mudança segue diretrizes do Banco Central (Circular 3.859), visando maior eficiência e segurança ao usuário.

Segundo a Febraban, anteriormente, o sistema compensava cheques de até R$ 299,99 em dois dias úteis; e os com valores maiores em um dia útil. Com a alteração, unificou-se o prazo de liquidação do cheque.

Em ação para a 3ª Semana Senac de Literatura, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) distribuirá livros, gratuitamente, em suas plataformas a partir da próxima semana. Todas as obras são da Editora Senac São Paulo e tratam de temas diversos. 

Segundo publicou o jornal Destak ABC, um ator fará interação com os usuários dos trens. 

A Semana Senac de Literatura será entre os dias 23 a 28 de abril e contará com Feira de Troca de Livros, oficinas, palestras e workshops. O evento é gratuito.

Já estão à venda os convites para o Jantar em Comemoração ao Dia do Empresário Gráfico, promovido pela ASSINGRAFS com apoio do SINGRAFS. Este ano, o evento será realizado em 22 de junho, novamente, em São Caetano do Sul, e prestará homenagens a empresas da base territorial e ao Sindicato, que completa 25 anos. 

Todas as informações sobre o Jantar estão na área "Eventos" deste site. Toda a divulgação está sendo feita por e-mail e pelas nossas redes sociais.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Carla pelo telefone (11) 4438-8922. 

A partir deste mês, usuários do Cartão BOM Comum (ônibus intermunicipais e trem) poderão ganhar créditos ao descartar materiais para reciclagem. A iniciativa é fruto da parceria entre a Autopass, empresa responsável pelo gerenciamento do Cartão BOM, e a Triciclo Soluções Sustentáveis.

De acordo com a Triciclo, cada 100 pontos acumulados equivalem a R$ 0,35 de crédito. Para participar, é necessário realizar um cadastro no site da empresa. Após, será preciso se dirigir a uma máquina, a Retorna Machine, para registrar os códigos de barras dos produtos – latas de alumínio, garrafas PET e/ou de vidro, embalagens Tetra Pak – e, assim, acumular a pontuação.

É preciso, porém, se atentar a um detalhe: apenas 10 embalagens por dia serão convertidas em créditos no Cartão. Caso a pessoa envie mais que isso, os pontos da 11ª, por exemplo, serão doados a uma ONG (Organização Não Governamental) apoiadora do projeto. 

No site do Cartão BOM, é possível ver quantos créditos valem cada material reciclável e os postos das Retorna Machines – no Grande ABC, elas podem ser encontradas em Diadema e em São Bernardo do Campo. Clique aqui para saber mais.

Na última segunda-feira (09), entrou em vigor a Lei Complementar nº 162/2018, que institui o Refis (programa de refinanciamento tributário) para micro e pequenas empresas (MPEs). A nova legislação é voltada aos negócios optantes pelo Simples.

Ela abrange débitos que venceram até novembro de 2017, porém exige a quitação de, no mínimo, 5% do valor da dívida, sem descontos, em até cinco parcelas mensais e sucessivas. O restante poderá ser pago em até 175 vezes, com redução de 100% dos encargos legais, de 50% de juros e 25% de multas.

Segundo a Agência Senado, no final de 2017, o Senado já havia aprovado o Projeto de Lei Complementar (PLC) 164/2017, que também instituía Programa Especial de Regularização Tributária para as MPEs. Porém, o PLC recebeu veto presidencial em todo o seu conteúdo.

Grupos ligados ao empreendedorismo levaram suas reivindicações a Brasília, pressionando os parlamentares a aprovarem a lei. O veto foi derrubado na semana passada pelo Congresso Nacional.  

Leia a nova lei do Refis para micro e pequenas empresas, na íntegra, aqui.

A semana começa com mais uma cidade da base territorial do SINGRAFS fazendo aniversário. Cubatão comemora os 69 anos de sua emancipação político-administrativa nesta segunda-feira (09).

As celebrações, porém, começaram mês passado, no dia 30 de março, e encerram em 22 de abril, com a Meia Maratona Caminhos do Mar.

Mesmo com a programação de eventos tendo iniciado em março, a data não passará em branco. Às 19h desta segunda, haverá missa de aniversário na Igreja Matriz, e às 20h, a população poderá conferir o Teatro Cuipataã, no Parque Cidadania Vila São José.

Os munícipes e turistas podem conferir a agenda especial de atividades aqui

No próximo domingo (08), a cidade de Santo André completará 465 anos. O aniversário será marcado por atividades culturais em parques e unidades do CESA (Centro Educacional de Santo André). 

Além das oficinas de pintura e jogos, aulas de tai chi chuan, teatro, exposições e apresentações musicais gratuitas, os munícipes poderão participar do 45º Festival de Flores e do XV Festival do Cambuci em Paranapiacaba, que começa no dia 12 e vai até 29 de abril.

 A programação completa do aniversário de Santo André está disponível neste link