(11) 4438-8922

Os vencedores do 1º Prêmio Paulista de Excelência Gráfica Luiz Metzler foram conhecidos na noite da última terça-feira (02), em cerimônia de entrega de troféus realizada em São Paulo. De um total de 155 produtos inscritos, foram laureados 30 trabalhos de 10 segmentos da Indústria Gráfica Paulista em três categorias: Melhor Impressão, Melhor Acabamento e Melhor Design e Inovação.

Organizado e promovido pela Abigraf-SP (Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo), a premiação teve seu julgamento feito no início de setembro pela ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica), responsável pela coordenação técnica.

O SINGRAFS foi um dos apoiadores institucionais da primeira edição do Prêmio Paulista de Excelência Gráfica Luiz Metzler. O presidente do Sindicato, António J. S. V. Gameiro, o diretor superintendente, Fuad Sayar, e o segundo secretário, José Hamilton Ferreira, estiveram presentes na cerimônia de entrega dos troféus.

O Brasil é o nono país do mundo em número de companhias que detêm o selo FSC (Forest Stewardship Council). De acordo com o publicado pelo jornal O Estado de S.Paulo, mais de mil empresas nacionais possuem o "selo verde", incluindo a gráfica que imprime o Estadão (OESP Gráfica).

Além disso, o País ocupa é o sétimo do mundo em área florestal certificada, sendo 67,1% plantações de madeira Pinus e Eucalipto (dados da Imaflora - Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola). 

A colocação do Brasil neste ranking mundial do "selo verde" baseou-se em levantamento da própria FSC. A entidade está presente em mais de 80 nações. A certificação garante que toda a cadeia produtiva atende a rigorosos critérios de sustentabilidade.

Nesta sexta-feira (28), enviamos a associados e não associados, por e-mail, a Circular com as alterações das Cláusulas Econômicas para a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2018-2019. O documento leva as assinaturas do presidente do SINGRAFS, António José Simões Vieira Gameiro, e do presidente do STIGABC, Isaias Karrara de Sousa Silva.

A Circular trata do acordo firmado entre o SINGRAFS e o Sindicato Laboral do Grande ABC. As negociações com a entidade que representa os trabalhadores gráficos da Baixada Santista ainda não foram encerradas. 

Caso não tenha recebido a mensagem, cheque sua caixa de SPAM ou envie e-mail para  solicitando cadastramento.

Em caso de dúvidas, ligue para (11) 4438-8922.

Associados e Não Associados,

todas as informações sobre a Convenção Coletiva de Trabalho 2018-2019 serão enviadas por e-mail pelo SINGRAFS. Por isto, mantenha seus dados de contato sempre atualizados conosco. 

Em caso de dúvidas, ligue para (11) 4438-8922.

No dia 10 de outubro, a EFI realizará o webinar “Como Impulsionar sua Empresa no Mundo Digital de Grandes Formatos”. O diretor de vendas para a América Latina, Ernande Ramos, apresentará palestra online direcionada a profissionais latino-americanos.

Entre os temas a serem abordados por Ramos, estarão a apresentação de dados do mercado de Grandes Formatos, os principais passos a serem seguidos dentro do mundo digital, as vantagens em utilizar mídias diferenciadas e esclarecimentos sobre alguns mitos desse tipo de impressão.

Além disso, os participantes poderão conhecer o portfólio de equipamentos da EFI voltados ao setor.

O webinar é gratuito e começará a partir das 10h (horário de Brasília). As inscrições podem ser feitas neste link.

A Xerox disponibilizou no Brasil o Xerox Document Analytics. Segundo a empresa, o serviço ajuda as organizações a otimizar fluxo de trabalho e a reduzir gastos com impressão, tanto em grandes empresas quanto em negócios de pequeno a médio porte.

O Document Analytics identifica os processos que demandam intenso uso de papel. Isto faz com que se tenha uma visão abrangente do que está sendo impresso e onde, e quem está por trás da operação.

O serviço também dá recomendações sobre redução de tempo gasto pelos colaboradores e armazenamento dos arquivos.

No Brasil, o Xerox Document Analytics oferece integração com as plataformas Nuance Equitrac, PaperCut, Ysoft SafeQ e NDDPrint 360.

Em 2017, a produção de madeira para a indústria de papel e celulose foi a que mais gerou valor, totalizando R$ 5,1 bilhões. Os dados fazem parte da Pevs 2017 (Produção da Extração Vegetal e Silvicultura), medida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e divulgada na última quinta-feira (20).

A silvicultura (obtida em florestas plantadas) e a extração vegetal (coleta de produtos em matas e florestas nativas) atingiram R$ 19,1 bilhões no ano passado, tendo crescimento de 3,4% em relação a 2016 pelo segundo ano consecutivo. O primeiro grupo representou 77% do total (R$ 14,8 bilhões), alta de 5% na comparação com 2016.

As regiões Sul e Sudeste foram as que registraram o maior impacto na produção da silvicultura, representando 62,3%. O Estado do Paraná teve o maior valor de produção (R$ 3,7 bilhões) e a cidade de Três Lagoas (MS) liderou o ranking nacional (R$ 387,5 milhões).

Para ver a Pevs 2017 na íntegra, clique aqui.

Atualizado às 10h02.

Setembro é conhecido como um mês que abrange diversas campanhas na área da saúde. Os grandes destaques ficam com o Setembro Amarelo, que faz alertas sobre o suicídio, e o Vermelho, que informa sobre as doenças cardiovasculares e formas de prevenção.

O Setembro Amarelo tem como objetivo conscientizar a população sobre o suicídio. Segundo reportou a Agência Brasil, a cada 45 minutos uma pessoa se suicida no País. No mundo, os casos chegam a um milhão. O CVV (Centro de Valorização da Vida) tem um número de telefone, o 188, exclusivo para atender pessoas que estejam vulneráveis e buscam apoio emocional. A ligação é gratuita e disponível 24 horas em todo o território nacional. A entidade garante o anonimato.

Já o Setembro Vermelho pretende mobilizar a população a aderir a um estilo de vida mais saudável. O sobrepeso, o estresse, o sedentarismo e o tabagismo são os principais fatores de risco para o desencadeamento de doenças cardiovasculares, que afetam o funcionamento dos vasos sanguíneos e do coração. Entre os tipos mais comuns, estão a hipertensão, a arritmia, a insuficiência cardíaca, o infarto e o derrame cerebral. A OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou que ataques cardíacos e derrames foram a principal causa de morte no mundo ano passado, vitimando 17,5 milhões de pessoas.

Médicos do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), no Rio Grande do Sul, moldaram um implante ósseo com uma impressora 3D para reconstituir um crânio. De acordo com o portal UOL, esta foi a primeira vez que este tipo de impressão foi utilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

O paciente que recebeu o molde havia sofrido um acidente automobilístico e perdeu quase metade do osso da cabeça. A opção da equipe médica pela impressão 3D para criar um biomodelo se deveu à complexidade do caso.

Para a impressão, o hospital usou equipamentos de fabricação nacional, com custo médio de R$ 10 mil. A equipe médica informou que gastou apenas R$ 45 com o material incluso para produzir o implante ósseo customizado. Segundo declaração dada ao UOL, procedimentos como esse existem no setor privado e custam mais de 50 mil reais.

A impressão 3D já foi aplicada na medicina para criação de olho biônico, joelhos artificias e cartilagem de orelha e nariz.

Nesta sexta-feira (14), executivos da Xerox realizarão duas palestras no 10º Prêmio Norte/Nordeste de Excelência Gráfica José Cândido Cordeiro (JCC), em Recife, Pernambuco. Os temas serão “Fotografia”, com o gerente comercial e especialista do mercado fotográfico Jander Silva, e “Inkjet e Tecnologia 6 Cores”, ministrada pelo diretor nacional de vendas alto volume Gustavo Lopes.

Durante o evento, será possível testar a Xerox Color C70, que oferece qualidade de imagem com resolução 2400x2400 dpi e tecnologia de toner Xerox Emulsion Aggregation (EA) de fusão em baixa temperatura. 

A participação dos executivos da marca na premiação será das 10h às 12h.

A décima edição do JCC consagrará os melhores livros, jornais, revistas, produtos para identificação; materiais para acondicionamento, promocional, comercial, produtos próprios; impressão digital, serigráfica e flexográfica; e os melhores fornecedores e designers das regiões Norte e Nordeste.